Este é tema que causa muitas dúvidas entre as famílias: meu filho não fala. Será que é só esperar?

Recebe constantemente essa pergunta nas minhas redes soais. As mães sempre falam que quando perguntam isso para alguém, elas ouvem que está tudo certo, que cada criança tem o seu tempo. O que não deixa de ser uma verdade. No entanto, precisamos ficar atentos nos marcos do desenvolvimento da criança, pois pode acontecer do tempo da criança estar atrasado.

Para responder essa dúvida, ninguém melhor que a nossa colunista querida, a fonoaudióloga Raquel Luzardo. Confira!

Meu filho não fala: é só esperar?

Quando nos tornamos mães, passamos a ser alvo de milhares de conselhos e pitacos que chegam por todo lado e a qualquer momento sobre o que fazer para educar ou auxiliar nossos filhos ao longo do desenvolvimento.  Algumas vezes vem em forma de dicas, outras de indiretas ou até mesmo bem diretas, como quem sabe o que diz. Mas nem sempre são saberes que servem para a nossa criança e ainda assim seguem afirmando ou comparando os nossos pequenos com os outros, colocando à prova a nossa intuição e desejo de ajudá-los, principalmente quando ainda não falam.

Sempre digo e repito, não há quem conheça melhor o filho do que a mãe! Se você é mãe e sente que há algo diferente com o seu pequeno, não deixe de procurar um profissional especializado para investigar. Siga o seu coração, pois vejo diariamente no consultório mães que confiam no seu instinto materno e posso afirmar, elas não erram! Então, se hoje você está na dúvida se a sua criança já deveria falar ou não, vou explicar um pouquinho sobre os marcos do desenvolvimento que devemos nos basear para saber o quanto está ou não dentro do que esperamos para cada faixa etária.

Leia também: atraso na linguagem – meu filho não fala, o que devo fazer?

De forma bem resumida, esperamos que: com 1 ano de idade a criança já fale as primeiras palavras; aos 2 anos forme pequenas frases com dois a três elementos; aos  3 anos já tenha um discurso bem estruturado e seja entendido por todos de fora do convívio familiar – amigos, vizinhos; e aos 4 anos a criança já consegue falar corretamente todos os sons da fala. Se o seu pequeno estiver fora dos marcos do desenvolvimento, não tem por que esperar! Embora seja comum ouvirmos que é só colocar a criança na escola que ela vai começar a falar, preciso te contar que não é bem assim! Sabemos que a escola é uma grande aliada para o desenvolvimento infantil, entretanto, se o pequeno tiver um transtorno de linguagem e/ou de fala, só a escola não será suficiente e ele precisará realizar acompanhamento para estimulação específica.

É necessário entender, que quanto mais esperarmos, pior será para o desenvolvimento da linguagem e da fala, pois vamos perdendo as janelas de oportunidades, que são fases da infância que o cérebro está em pleno desenvolvimento para aprender e ser bem estimulado. Além de tudo isso, vemos que atrasos vão se acumulando, dificultando ainda mais para os pequenos se desenvolverem.

Portanto, seu filho ainda não fala? Não espere! Procure um fonoaudiólogo para dividir suas angústias sobre o desenvolvimento do seu pequeno, para que ele avalie, te oriente e já inicie as estimulações e intervenções necessárias.

CONHEÇA MEU LIVRO: “GRÁVIDA E PRÁTICA – UM GUIA SEM RODEIOS PARA A MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM”:

PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE:

Amazon: https://amzn.to/2S6NI8P
Livraria da Travessa: http://bit.ly/2PMLj10
Venda online com entrega em todo o Brasil





Source link