O escritor e roteirista Chris Claremont, um dos nomes mais lendários da Marvel Comics, é um fã declarado da série ‘WandaVision’ e, por meio de sua página oficial no Facebook, ele sugeriu aos diretores da produção um final mais feliz para a Feiticeira Escarlate e o Visão – protagonistas do show que vem dando saltos cada vez mais altos em popularidade.

A sugestão em si é bastante aberta, com Claremont pedindo a Kevin Feige (o presidente da Marvel Studios e força por trás de todos os filmes da marca nos cinemas bem como todas as séries) que permitisse a Wanda Maximoff (nome civil da Feiticeira Escarlate) e Visão serem os “pais modelo”, permitindo que Reed e Sue Richards, do recém-anunciado Quarteto Fantástico, vivam as “aventuras empolgantes e cheias de surpresas” por meio do universo da Marvel nos cinemas. Claremont ainda diz que os filhos de Reed e Sue (respectivamente, o Sr. Fantástico e a Mulher-Invisível) poderiam desmembrar séries próprias no futuro.

publicidade

O pedido parece mais uma brincadeira opinativa de um fã apaixonado, mas vale lembrar que Chris Claremont tem um currículo de peso dentro da Marvel: contratado pela editora em 1969, ainda na faculdade, é atribuído a ele o sucesso primário dos X-Men, franquia que ele escreveu de 1975 a 1991.

Claremont é responsável ou corresponsável pela criação de diversos nomes que você provavelmente conhece muito bem, como Vampira, Psylocke, Fênix, Mística, Emma Frost, Dentes de Sabre e Legião, para citar alguns, além de fazer do Wolverine um dos personagens mais memoráveis da indústria.

Algumas histórias bem conhecidas dos heróis mutantes também são de sua autoria, como ‘Dias de Um Futuro Esquecido’ e ‘A Saga da Fênix Negra’. A influência de Chris Claremont para a Marvel é tanta que a empresa decidiu empregá-lo em contrato exclusivo com a Marvel desde 2014.

publicidade

Embora tenha trazido elementos da comédia em seu início, a série “Wandavision” revelou-se bem mais adulta e obscura conforme os episódios se desenrolavam. Imagem: Disney+/Divulgação

‘WandaVision’ vem obtendo amplo sucesso no mercado de séries, com a sua veiculação pela plataforma de streaming Disney+. A produção posiciona a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e o Visão (Paul Bettany) tentando recuperar um senso de normalidade em suas vidas, mudando-se para a vizinhança de Westview como um casal.

Embora a série traga inspiração em diversas produções da comédia, tons mais obscuros vão aos poucos revelando uma abordagem adulta, focada nos impactos psicológicos sofridos pela Feiticeira entre os filmes ‘Vingadores: A Era de Ultron’ e ‘Vingadores: Ultimato’.

Aclamada pelo próprio Chris Claremont, ‘WandaVision’ vinha passando por especulações sobre quem seria o verdadeiro vilão da série, revelado apenas em episódios recentes. Devido ao seu envolvimento com a história original nos quadrinhos, o escritor da Marvel tem uma boa ideia do desfecho da vida a dois vivida por Wanda e Visão – spoiler: não é um final muito feliz.

Provavelmente, a ideia toda não passa de uma brincadeira, e é improvável que Kevin Feige adote a ideia posicionada por Chris Claremont, mas é interessante ver como uma das figuras mais notáveis da Marvel consome a série ‘WandaVision’ da mesma forma que os espectadores comuns.

Fonte: Chris Claremont, via Facebook





Source link