Sempre recebo perguntas de seguidoras/leitoras sobre procedimentos estéticos – sei que muita gente que nos acompanha está na mesma faixa etária, ou seja, 30 e poucos anos, e pensando sobre isso. E em dezembro passado eu fiz meu primeiro procedimento – apliquei botox pela primeira vez! E nesse post vou dividir um pouco dessa experiência com vocês.

Em primeiro lugar, é preciso lembrar vocês dos lemas do Coisas de Diva, que desde sempre são “Use o que te faz feliz” e, agora, “Seja quem te faz feliz”. Desde sempre a gente incentiva quem nos segue e nos assiste a se cuidar da forma que preferir. Então, não, ninguém é obrigada a aplicar botox ou fazer outros procedimentos quaisquer para se sentir bonita ou para ser feliz. O que a gente sempre incentivou é que cada pessoa faça suas escolhas com base em informações. E nesse caso aqui, em conjunto com um médico dermatologista de confiança. Então estou aqui para dividir isso com vocês e jamais para impor alguma escolha. Se você não gosta e não quer, ótimo. Se você quer ou tem vontade, ótimo também. É isso. 

Ele, o botox:

Antes de passar pra parte pratica, o botox, também conhecido como toxina botulínica, é uma substancia injetada na pele. Logo, a aplicação é feita com agulha, em consultório médico. O objetivo é paralisar temporariamente um músculo – pode ser aplicado tanto no rosto quanto no corpo (existem vários tratamentos que são feitos com botox). Em geral o efeito dura até seis meses – isso varia um pouco de pessoa para pessoa. Depois os músculos vão voltando a ser como eram antes. E botox não preenche nada, só impede aquele músculo de contrair e assim formar linhas finas, vincos, rugas, enfim. 

À esquerda, antes da aplicação (03/12) e à direita, depois da aplicação (23/12).

Também não substitui os cuidados com a pele. De toda forma, é sempre importante se consultar com seu dermatologista. É ela/ele que poderá indicar as melhores opções para você caso seja seu desejo fazer algum procedimento.

Apliquei botox pela primeira vez! Por quê?

Passando pelos motivos da minha decisão, vou contar uma história aqui para vocês. Apesar de eu sempre ter tido vontade de aplicar botox, nunca tinha me batido aquele estalo, tipo “É AGORA, quero!”. Até que veio 2020, ano da pandemia, muitos de nós ficaram muito mais ansiosos e eu fui uma dessas pessoas. Eu passei a dormir com músculos do rosto muito tencionados, inconscientemente, assim como os dentes apertados também (o famigerado bruxismo).

À esquerda, antes. À direita, depois.

E aí essa ruga da testa, entre as sobrancelhas, começou a ficar cada vez mais evidente. Tinha a impressão que eu estava eternamente com cara de brava, sabe? Mesmo sem pensar, já estava eu com a testa franzida. E essas duas coisas começaram a me incomodar, o fato de acordar com o rosto tenso (e continuar assim ao longo do dia), muitas vezes com dor de cabeça, e o fato da ruga já estar ficando muito marcada mesmo com o rosto relaxado. 

Então me consultei com a Dra. Marina, que é minha dermatologista, e expliquei isso tudo. Ela me recomendou então a aplicação na testa (fronte e glabela, que é justamente a área entre as sobrancelhas) e masseter (que é a região da mandíbula). No masseter, o botox impede a hipertrofia desse músculo, ou seja, ajuda também no bruxismo.

Como foi?

A aplicação – que foi feita no início de dezembro de 2020, foi muito rápida. Leva alguns minutos – acho que nem 10, e você sente as picadas da agulha, mas eu achei tranquilo. E basicamente é isso. Ao longo dos próximos dias eu fui sentindo esse efeito do botox, parece que os músculos ficam mais pesados. Mas poucos dias depois eu já tinha me habituado a isso. Voltei ao consultório 15 dias depois para a consulta de retorno, na qual ela reforçou a aplicação na glabela e foi isso.

Aqui mais de perto o antes e depois.

Sinceramente, eu adorei. Foi um procedimento que resolveu uma coisa que estava me incomodando, então só tenho a agradecer. Minhas dores de cabeça matinais também diminuíram bastante. Ainda não posso falar sobre quanto dura o efeito em mim pois a aplicação tem pouco mais de um mês, mas posso atualizar esse post no futuro.

Não acho que exista um padrão para os valores – isso depende da quantidade de produto usada, de cada rosto, da cidade, do médico, enfim… A minha aplicação custou R$ 1.400.

Botox: em vídeo

E, já que você está por aqui e curte nosso conteúdo, que tal dar um pulinho também no nosso canal do Youtube? Se inscreve lá! Quem sabe você não nos ajuda a chegar aos 200 mil inscritos? <3





Source link