Confesso pra você que, até ano passado, eu não era muito de podcasts. Mas aí, né, veio a pandemia, a quarentena, a solidão… E eu comecei a querer uma companhia enquanto fazia coisas aleatórias. Hoje, escuto enquanto limpo a casa, lavo a louça e até tomo banho (sim, virei essa pessoa, hahahaha)!

Talvez tenha rolado de meus ouvidos caírem nos podcasts certos pra mim, sabe. Descobri que gosto de conversas descontraídas, leves, com gente engraçada. São sugestões desse tipo que entram no post de hoje! Também curto alguns relacionados a autoconhecimento e comportamento. Eles me ajudaram bastante a refletir sobre diversas questões nesses tempos pandêmicos!

Enfim, mas chega de enrolação e vamos ao que interessa: meu top 5 durante essa quarentena que já dura uma eternidade! Vou indicar aqueles que escutei desde o comecinho, tá? Tipo fã mesmo!

#1 É Noia Minha?

Acompanho o trabalho da Camila Fremder há muiiitos anos, desde os lançamentos de livros com a Jana Rosa. Acho o humor delas ótimo, então como é que iria resistir a um podcast sobre aquelas paranoias aleatórias que a Cá – e mais gente, tipo eu – tem? O É Noia Minha? fica exclusivamente no Spotify e traz, todas as quintas, convidados para debater sobre algum tema – dos mais sérios aos mais absurdos. Sempre dou risada quando ouço! Vale super o clique aqui, ó.

#2 Calcinha Larga

podcasts

Conheci o Calcinha Larga por causa da própria Camila, já que ela é uma das integrantes desse podcast, juntamente com a escritora Tati Bernardi e a atriz Helen Ramos. Aconteceu assim: escutei TO-DOS os Noia e, órfã de Cá até a próxima semana, resolvi dar play num programa que a princípio pensei ser sobre maternidade (de fato, a primeira temporada até é mesmo). O que eu não esperava seria gargalhar tanto, especialmente com a Tati! No fim, me apaixonei, ainda mais quando veio a segunda temporada, sobre sexo relacionamento. Agora, sempre às quartas, as três e convidados falam sobre amizade. Mais um podcast exclusivo do Spotify.

#3 Ppkansada

podcasts

Esse nome é muito absurdo e maravilhoso! E é isso mesmo que você entendeu: temos aí um podcast inteiramente dedicado a falar mal do homem hetero, hahahaha! Vou parecer muito fangirl, porém preciso citar que esta é mais uma cria de Cá Fremder. Só que, dessa vez, ela atua como produtora e quem brilha mesmo são Bertha Salles, Isabela Reis e Taize Odelli. As meninas são ótimas e discutem muita coisa pela qual nós, solteiras guerreiras desse Brasil, passamos. Foram ao ar somente dois episódios até agora, sempre às sextas e disponíveis nas principais plataformas. Para ouvir, clique aqui.

#4 Feices

podcasts

Maqui Nóbrega (35) abre as páginas da revista mais celebrada do Brasil para uma leitura divertida e relaxante todas às segundas-feiras, religiosamente, em seu podcast Feices. Deu pra sacar o que rola aqui? hahahaha Pois eu explico! A Maqui, que é influenciadora (e eu adoro seguir, aliás), sempre curtiu ler a Caras de um jeito sarcástico. Aí ela simplesmente se grava fazendo isso toda semana! Sei que parece estranho, mas sério, eu adoro e rio com os absurdos que só uma publicação sobre celebridades/coluna social pode oferecer. É cafonice que não acaba mais! Dá para escutar aqui.

#5 Não Inviabilize

podcasts

Pra fechar, taí uma dica que peguei com a própria Maqui num podcast em que ela foi como convidada. Se você gosta de CAUSOS, vai curtir o Não Inviabilize! A Déia Freitas coleciona histórias reais ao longo dos anos e as conta (com nomes, lugares e detalhes trocados, para não identificar ninguém) toda semana. Quem manda é a audiência! Eu adoro o quadro Amor nas Redes porque me emociono sempre e fico passada com o Picolé de Limão! Esse quadro só tem reviravolta e babado! Ainda assim, é entretenimento garantido. Nunca descobri a periodicidade direito, mas sei que tem em várias plataformas além do Spotify, que é onde eu ouço.

Gostou das dicas? Se tiver sugestões de podcasts nesses estilos, me conta nos comentários, por favor!



Source link