Em 2020, a Nasa firmou um contrato de US$ 14 milhões com o Bell Labs, da Nokia, para o desenvolvimento de uma rede 4G LTE na Lua. A agência espacial pretende realizar uma nova missão no satélite natural da Terra e quer facilitar a comunicação no espaço.

Em entrevista ao Fierce Wirelles, o diretor do Bell Labs informou que o projeto espacial será o principal foco de trabalho do laboratório em 2021. Thierry Klein afirmou que a Nasa está buscando uma uma rede de comunicação de baixo custo e o 4G seria essencial, já que possui um bom desempenho e controle robótico.

publicidade

4G na Lua: Nokia visa levar internet à nova missão da Nasa. Imagem: Shutterstock

Klein também revelou que as torres de sinal na Lua receberão reforços diferentes das existentes na Terra. As estruturas serão mais resistentes à radiação, vibrações e oscilação de temperaturas. Outro diferencial do projeto está no tamanho do equipamento: na Terra, as torres têm em média 30 metros de altura. Porém, na Lua o máximo alcançado serão 4 metros de altura, devido ao tamanho do módulo de pouso onde será acoplada.

Projeto vem desde 2018

A Nokia havia começado a trabalhar em um projeto parecido em 2018 junto a Vodafone e a Audi, mas a ideia nunca se concretizou. Porém, a empresa construiu alguns equipamentos de demonstração e conduziu testes em câmaras que simulavam o ambiente lunar. Graças a esse experimento, a companhia pode desenvolver um novo hardware que suporte os estresses possivelmente sofridos na Lua.

Leia mais:

O equipamento de 4G LTE da Nokia será integrado com rovers desenvolvidos pela Intuitive Machines. Esses rovers terão pacotes que se conectam ao sinal LTE do módulo de pouso, mas ainda não se sabe qual será o alcance do sinal.

A Nokia vem trabalhando em dois projetos paralelos, sendo um de curto alcance, que levará o sinal para uma distância entre 300 e 400 metros. A ideia mais ambiciosa pretende levar o sinal LTE a alcançar 5 km de distância.

Via: ExtremeTech

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!





Source link